Como escolher tratamentos faciais

Veja as opções indicadas para o rejuvenescimento da pele

Quando falamos em tratamento para rejuvenescer e conferir mais vigor à pele, nos deparamos com muitas opções no mercado, graças ao avanço da medicina e da tecnologia. Entre os procedimentos mais procurados, estão os tratamentos injetáveis, como a aplicação de toxina botulínica A, o preenchedor de ácido hialurônico e os cremes anti-idade. Mas, afinal, como escolher entre tratamentos injetáveis ou cremes anti-idade?

Tratamentos estéticos injetáveis

“Para amenizar as linhas de expressão em torno dos olhos, na testa e bigode chinês, arquear sobrancelha e amenizar as olheiras, os tratamentos injetáveis são os mais indicados”, explica Catia Dias, professora de estética e cosmetologia.

“As utilização de toxina botulínica A é, sem dúvida, um procedimento muito procurado nos consultórios médicos. Seu efeito é o de suavizar as rugas que aparecem com o rosto em movimento. O que também faz muito sucesso é o método injetável com ácido hialurônico para dar mais volume no contorno da face e dos lábios. É também utilizado para olheiras e para o bigode chinês”, completa a especialista.

Cremes anti-idade

Os cosméticos que contêm vitamina C, E, A, F e K combatem os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento da pele, e atuam no clareamento gradual da cútis. As vitaminas C e E são as mais potentes em relação à antioxidação – processo de renovação da pele, garantindo, dessa forma, uma aparência mais rejuvenescida. “Esses produtos podem ser aplicados em qualquer tipo de pele, com exceção de cútis muito sensível ou lesionada. Utilize-os à noite, antes de dormir, ou pela manhã, antes do filtro solar, pois a vitamina C potencializa a ação do FPS”, afirma Catia.

Pense também em adquirir cosméticos ricos em ativos como a coenzima Q10, também conhecida como ubiquinona. “Ela é capaz de reduzir os níveis oxidativos causados pelos raios solares (UVA) e atinge as camadas mais superficiais da epiderme”, orienta a especialista. O antioxidante idebenona também é protagonista quando se trata de aumentar a hidratação da pele, melhorar o aspecto do fotoenvelhecimento e reduzir a aparência das rugas superficiais.

O uso do colágeno e da elastina em forma de creme também são bons cosméticos para a hidratação da pele, evitando assim o envelhecimento. “Mas é importante ressaltar que, não adianta tomar o colágeno em cápsula ou em forma de suco ou shake porque os efeitos não são eficazes”, avalia Catia.

Um ou o outro?

Nem sempre é preciso escolher entre tratamentos injetáveis ou cremes anti-idade, como os métodos são indicados para diferentes finalidades, também podem ser combinados. Por isso, converse com seu médico sobre a possibilidade, de acordo com a sua necessidade.

 

 

BR/0376/2016/Ago/2016