Ideias Negras

Fundadora do Podcast conta sobre o projeto

Ainda no mês da Consciência Negra, uma matéria bastante especial. Conversamos com a comunicadora Cristina Fernandes, que já foi nossa Persona e também é uma das criadoras do projeto Ideias Negras, uma série de entrevistas em Podcast com personalidades de diversos campos que buscam contribuir com a repercussão das vozes negras.

Fazendo um contraponto com os dias de hoje, a sociedade vem avançando muito em relação aos negros, sendo assim, vemos representantes bem-sucedidos em diversas áreas, com reflexões bacanas para divulgar. A partir disso, surgiu a ideia:  “Em 2017 estava começando o movimento de podcast no Brasil,  então pensei que seria muito interessante criar um canal onde eu pudesse reunir entrevistas com homens e mulheres negras que tivessem um trabalho bacana para compartilhar”, declara Cristina.

O Ideias Negras quer passar para seus ouvintes que, apesar de todo racismo e obstáculos, existem pessoas no Brasil que estão fazendo trabalhos brilhantes para transformar essa realidade.

“Gostaríamos que muitos brancos também ouvissem os Podcasts e o ponto de vista dos negros, que tomassem conhecimento dessa produção intelectual, dessas iniciativas e do trabalho que vem sendo feito por essas pessoas e que precisa de visibilidade. Temos que quebrar as barreiras que foram construídas por séculos de racismo”, reflete Cristina.

Com um pouco mais de um ano, 30 episódios e 6.000 reproduções, o Ideias Negras está tendo uma ótima receptividade, com feedbacks positivos das pessoas que são tocadas pelas histórias compartilhadas pelos entrevistados, que ajudam a ampliar o repertório e a visão do mundo. “No inicio começamos a fazer um projeto que achávamos bacana, mas quando vimos que outras pessoas também gostavam da ideia, tivemos mais energia, garra e vontade para continuar”, afirma a criadora.

Cristina declara que sente que fez mais por ela mesma com essa iniciativa, já que a ideia nasceu em um momento em que estava insatisfeita com o seu trabalho e se sentindo muito desvalorizada. Ao colocar toda sua energia em cima do projeto, sentiu-se satisfeita de estar criando algo, transformando um sonho em uma ideia e uma ideia em uma iniciativa.

“O Brasil é o que ele é por conta da dedicação do povo negro, não podemos esquecer dessa luta e que somos 54% dessa população. Temos que ganhar mais espaço, visibilidade, poder. As pessoas negras precisam se juntar para se fortalecer e enfrentar o racismo, pois sozinhos, não iremos conseguir”, declara Cris.

Para conhecer mais sobre o projeto, acesse: ideiasnegras.com.br