Inverno nutritivo – e você mais bonita!

Dicas para compor um cardápio nutritivo que funcione como aliado para a beauté

O friozinho do inverno se aproxima e, com ele, chegam as tentações da temporada: fondue, chocolate quente e, claro, um bom vinho. O problema é que esses alimentos são ricos em gorduras, açúcares e álcool, substâncias que acabam estimulando o aumento de peso (e o surgimento de celulite), a oleosidade da pele e a acne.

Fuja dessa cilada!
Para evitar o ganho de peso e, principalmente, prejudicar a saúde, é importante saber apreciar essas delícias com moderação e em ocasiões especiais. No dia a dia, o inverno pede uma dieta equilibrada com frutas, verduras legumes, carnes magras e grãos integrais. “Isso vai fortalecer o sistema imunológico e evitar a entrada de vírus e bactérias, tão comuns nessa estação, no corpo”, afirma Ana Luisa Vilela, médica nutróloga, de São Paulo.

Água é fundamental
Outro ponto importante é a hidratação, que deve ser reforçada principalmente durante o inverno – já que, em muitas áreas do Brasil, é um período de baixa umidade do ar. Nos dias mais gelados, Ana Luisa indica trocar a água por chás: quentinha, a bebida traz sensação de conforto e pode ajudar na prevenção de doenças respiratórias.

Cardápio de inverno
Confira algumas indicações do que comer para ficar linda na estação mais fria do ano:

1. Frutas cítricas como limão, laranja e acerola: ricas em vitamina C, ajudam na síntese do colágeno (responsável pela pele firme e lisinha) e reforçam a imunidade.
2. Verduras ricas em ferro e zinco como brócolis e espinafre.
3. Derivados do leite, que contêm micro-organismos importantes para o sistema imunológico.
4. Alho, que estimula a imunidade e ajuda a manter a pele saudável.
5. Mel, para a limpeza do fígado.
6. Cogumelos como shitake, que aumentam a produção das células responsáveis pelas defesas do organismo.
7. Cenoura, que atua contra infecções e ainda dá um boost na pele e nos cabelos.