O que mais os procedimentos minimamente invasivos podem fazer por você?

Dermatologistas comentam sobre o assunto

Se você, como a maioria das pessoas, pensa que os procedimentos minimamente invasivos são usados apenas para o rejuvenescimento, está enganado. Na realidade, esses tratamentos podem trazer muito mais benefícios do que imaginamos. Para nos contar mais sobre o assunto, o Além da Beleza conversou com os dermatologistas Eduardo Álvares (CRM GO 13.479) e Sheila Espicalsky (CRM ES 5887).

Segundo o dermatologista Eduardo Álvares, além do rejuvenescimento, os procedimentos faciais minimamente invasivos também ajudam na correção das assimetrias. “Outro ponto positivo que sempre noto, é que os tratamentos os deixam mais confiantes para seus relacionamentos sociais e amorosos”, declara.

Para a Dra. Sheila Espicalsky, os procedimentos minimamente invasivos rejuvenescem, embelezam o paciente e corrigem as imperfeições. “Existem pessoas que se incomodam com a sua aparência, interferindo nas suas relações pessoais e esses tratamentos, por corrigir pequenos defeitos, devolvem a autoestima e a confiança”, responde.

Ambos relataram que os benefícios desses procedimentos, é que os pacientes não têm a necessidade de se ausentar das suas atividades diárias, e que os tratamentos são realizados no próprio consultório.

Além disso, existe outro injetável minimamente invasivo capaz de auxiliar no tratamento de qualidade de pele e rejuvenescimento, os preenchimentos com ácido hialurônico JUVÉDERM® VOLITE.

BR/0699/2018 Out/2018