O que perguntar em uma consulta pré-operatória?

A Dra. Flávia Dantas esclarece quais são as perguntas essenciais

Será que todos nós paramos para pensar o quão importante é nos prepararmos antes de irmos para uma consulta médica? E quando vamos fazer uma avaliação para realizar uma cirurgia plástica ou algum procedimento estético, o que perguntar? A cirurgiã plástica Flávia Dantas aconselha sobre o que devemos perguntar ao médico na hora de colocar implantes mamários.

A consulta pré-operatória é uma das mais importantes no processo, onde será estabelecida a relação de confiança entre o médico e o paciente. É também o momento em que se avalia as condições clínicas do paciente com base nos exames solicitados pelo médico.

Segundo a Dr. Flávia, primeiro devemos perguntar sobre as marcas e qual o modelo do implante mais adequado para cada um. Por mais que a paciente sugira o formato e o volume da mama que tem preferência, é o médico que vai calcular o tamanho e a textura ideal com base nas medidas do tórax e dos seios, biótipo e a localização anatômica de onde este implante será colocado.

A especialista afirma que é necessário estar atento às possíveis restrições após o procedimento: “É importante perguntar quais as recomendações que devem ser tomadas após a cirurgia, e os cuidados para ter uma boa recuperação. O repouso na primeira semana é fundamental, e aos poucos vamos liberando para as atividades do dia a dia. Movimentos que exigem mais esforço não são liberados antes dos 45 dias, inclusive o dos braços, que não devem ser mobilizados acima de 90º nas primeiras semanas”, esclarece.

Outra questão que deve ser discutida é por onde será realizada a colocação da prótese mamária, que vai definir o local da cicatriz e o local de posicionamento da prótese (logo atrás da glândula mamária ou atrás do músculo peitoral maior). Com relação aos cuidados com as cicatrizes, depende muito de cada paciente, mas é importante se informar sobre cuidados como o uso da cola cirúrgica e a betaterapia no pós-operatório.

Após a cirurgia, a Dra. Flávia afirma que é importante manter o acompanhamento médico com exames anuais da mama.

Dra. Flavia Dantas
(CRM: 5275898-1)

BR/0726/2018 – Nov/2018