Verão à vista

Saiba como perder as gordurinhas indesejadas de modo rápido e seguro

Umas das épocas mais esperadas do ano está chegando e a correria para entrar em forma já é uma realidade. Nessa hora, muitas pessoas recorrem a dietas malucas e exageram na academia, sem saber que já existe um método não invasivo e eficiente com a finalidade de eliminar as gordurinhas resistentes. O COOLSCULPTING® é um tratamento que modela o corpo e elimina as células de gordura por meio do resfriamento controlado.

O cirurgião plástico Rodrigo Duprat esclarece que o CoolSculpting é uma ótima opção para o verão, afinal, é excelente para eliminar a gordura localizada de forma segura, rápida, sem cirurgias e sem a necessidade de se preocupar com o pós-operatório que ocorreria no caso de uma lipoaspiração. “Caso não haja nenhuma macha ou algum roxo após realizar o procedimento, não há problema nenhum em curtir a praia/piscina e tomar sol”, declara o especialista.

Para os preguiçosos é um ótimo incentivo, já que ao notar os resultados, que começam a surgir logo após a primeira semana, os pacientes se abrem para novos cuidados e adotam um estilo de vida mais saudável.

Sobre a segurança de COOLSCULPTING®, a máquina congela a gordura com muita precisão, calculando a temperatura certa para não queimar a pele. “Em geral, a gordura é levada a uma temperatura de -10º, gerando uma deformação na parede das células e fazendo com que o corpo a elimine em até 90 dias”, esclarece o médico. Normalmente, em uma única sessão é possível diminuir entre 25% e 30%¹ da gordura da região tratada.

O procedimento não é indicado para pacientes com pouca gordura na região, onde não é possível acoplar o aparelho, gestantes, mulheres em período de aleitamento, menores de 18 anos, pessoas cardíacas, pacientes com hérnia no local a ser tratado, alergia ao frio e irritação na pele.

Dr. Rodrigo Duprat
CRM-SP 125155

1 – E. Boey, Gerald e L. Wasilenchuk, Jennifer. Enhanced Clinical Outcome with Manual Massage Following Cryolipolysis Treatment: A 4-Month Study of Safety and Efficacy. Lasers in Surgery and Medicine 46:20–26 (2014): 05-06. BR/0712/2018 Nov/2018