Yoga no controle da ansiedade

Como a prática pode trazer benefícios à saúde

Muitos são os fatores que nos atormentam no dia a dia: preocupações com o futuro, a correria, medos, estresse… De acordo com dados do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo, aproximadamente 23% dos brasileiros terão distúrbios relacionados a esses transtornos ao longo de suas vidas. Outro estudo, feito pela OMS, diz que no Brasil a população da Região Metropolitana de São Paulo, representa 29,6% dos casos de ansiedade, a maior incidência quando comparada ao resto do país.

Diante desse cenário, muitas pessoas buscam o yoga como alternativa para o equilíbro das emoções. Para conhecer um pouco mais sobre as vantagens dessa prática milenar, o Além da Beleza conversou com o professor Ivo Hirata de Medeiros. O papo é zen, confira:

Quais os benefícios do yoga no controle da ansiedade?

O yoga é benéfico para muitas coisas, na questão da ansiedade, ajuda a levar a sua atenção para o momento presente, para que cada um repare na sua respiração, observando seu corpo e mente. Afinal, a ansiedade nada mais é do que se preocupar com aquilo que ainda não aconteceu ou está para acontecer.

O aluno ansioso percebe esses benefícios logo após a prática?

Percebe, logo ao final da aula, após o relaxamento, as pessoas já estão mais calmas e com a respiração melhor, inspirando e expirando de forma mais prolongada. A prática é evolutiva, a constância é um ponto importante para que as técnicas do yoga comecem a fazer parte do dia a dia da pessoa e sendo uma referência para a vida toda.

Muitos alunos buscam o yoga com esse objetivo de equilibrar a ansiedade?

Sim, a ansiedade é um problema dos nossos tempos de excessos: de informações, de trabalho, de opiniões…

Somente a ida às aulas resolve?

Tudo é processo, a ida às aulas ajuda e esses momentos de prática vão reverberando em outras situações da vida. Assim, a prática faz mais sentido se levada além, o yoga é uma filosofia, abraça questões do corpo, da mente, espirituais e comportamentais.

É possível considerar o yoga um tratamento?

Sim, mas não só, o yoga é uma filosofia e fala de estilo de vida, não é uma coisa pontual.

Existem vários tipos de yoga, correto? Qual deles é o mais indicado para esse caso.

Sim, diferentes gurus e estilos, mas todos partem do yoga tradicional indiana e milenar, no caso, o Hatha Yoga.

Qual é o principal exercício do yoga para o controle da ansiedade?

Os Pranayamas (exercícios respiratórios) estão ligados ao Prana (força vital) que está intimamente conectado com a mente. Então, se uma pessoa está com a respiração agitada, sabemos que sua mente também está. Na escola onde me formei professor, Instituto Divine Life Society São Paulo – Sivananda Yoga, o mestre Sivaswarupa nos ensinou um Pranayama que é muito bom para acalmar o corpo e controlar a ansiedade, chama-se Shanti Pranayama: sentado confortavelmente, inspire pelo nariz e expire pela boca prolongadamente até sutilizar a respiração, entrando em estado de paz (Shanti) e quietude, após algumas repetições, a respiração é feita só pelo nariz.

Qual é a importância de praticar yoga com o acompanhamento de um profissional?

É fundamental a presença de um profissional para evitar sobrecargas e acidentes com o corpo. A prática conduzida ajuda nas percepções e nos cuidados, corpo e mente estão interligados, respiração e movimento também. Além dos momentos de relaxamento e meditação que são facilitados pelo professor (a).

Qual é o segredo para “desligar” durante o exercício?

O segredo não é ‘desligar’, mas sim redirecionar a sua atenção, levando-a para acompanhar a sua respiração e para as partes do corpo em que o exercício exige.

Qual o melhor ambiente para praticar?

Um ambiente calmo, silencioso, limpo, sem muitas interferências externas, isso auxilia na concentração.

Existe um horário ideal?

Pela manhã ou no fim do dia.

Para quem curtiu a conversa e deseja desacelerar, o professor realiza aulas em grupos e particulares na cidade de São Paulo. Para mais informações, envie um e-mail para ivo.hmedeiros@gmail.com.