ácido HIalurônico
Saúde & Bem-Estar

Ácido Hialurônico: saiba tudo sobre ele

O dermatologista Jardis Volpe esclarece as principais dúvidas sobre o ácido hialurônico

Chegou a hora de nos aprofundarmos no assunto do momento:  ácido hialurônico. Para esclarecer as dúvidas, contamos com a ajuda do renomado dermatologista Jardis Volpe.

Sabia que o ácido hialurônico é uma substância presente em nosso organismo?

Para cada região do corpo, ele apresenta uma função. Nos olhos e articulações, colabora com a lubrificação; na pele, ele age como hidratante, ajuda na elasticidade, maciez, contribui para a sustentação dos tecidos, previne o envelhecimento precoce, evita o aparecimento de rugas e ainda protege da poluição e da radiação solar.

O que acontece com o passar do tempo?

Aos 25 anos, o organismo começa a diminuir a produção de ácido hialurônico, e os primeiros sinais começam a surgir: aparecimento das rugas de expressão e perda do viço e da elasticidade. Porém, com os avanços da indústria farmacêutica, é possível encontrar o ácido hialurônico para reposição em diversas formas: cremes hidratantes, produtos anti-aging, cápsulas orais, que colaboram na hidratação superficial e atenuam linhas mais finas, e preenchedores injetáveis.

Onde comprar o ácido hialurônico?

Os produtos com fórmulas tópicas – cremes e hidratantes – e orais são encontrados em farmácias comuns e de manipulação. Mesmo com essa facilidade, é extremamente importante a recomendação médica.

Por ser necessário um conhecimento prévio para aplicação, os preenchedores injetáveis são vendidos apenas para profissionais.

Onde podemos usar o ácido hialurônico?

A maior procura é por aplicações em locais da face, pescoço, colo e mãos.

Qual o efeito e duração do ácido hialurônico em nosso organismo?

O efeito do tratamento é imediato. E, a partir de 30 dias, conseguimos notar o efeito final.

Após esse tempo, ocorre uma degradação lenta e progressiva. Mas, quando falamos de uma substância de alta densidade usada no preenchimento, ele pode durar até dois anos. No entanto, a pele não retorna a ser o que era antes.

Atenção: pessoas que praticam atividade física e com alto metabolismo acabam absorvendo o produto um pouco mais rápido, sendo necessário realizar as manutenções com o intervalo mais curto do que o normal.

Tratamento em conjunto

Ácido Hialurônico x Colágeno: o colágeno ajuda na sustentação na pele, ou seja: a sua perda leva à flacidez.  As duas substâncias podem ser utilizadas juntas em procedimentos estéticos sem nenhum problema.

Contraindicações do tratamento com ácido hialurônico 

O paciente pode ter inchaços após a aplicação, por conta de alguma reação cruzada com tratamentos dentários ou infecções, mas a chance de acontecer é bem pequena, pois o ácido hialurônico é um produto muito seguro. E o procedimento é bastante versátil, podendo ser realizado em todas as épocas do ano.

Quem pode fazer o preenchimento com ácido hialurônico?

 

O ácido hialurônico pode ser usado por quase todos, apenas não é recomendada a aplicação em grávidas, lactantes e pessoas com doenças sistêmicas graves, que apresentam risco de exacerbar sua doença ou ter alguma infecção.

Dr. Jardis Volpe
CRM – SP 116049

Mais Saúde & Bem-Estar

Leia também