Allergan 360º Aesthetics Report ™

Pesquisa revela percepções sobre beleza ao redor do mundo

O Allergan 360º Aesthetics Report™, estudo que pretende ser o mais completo e abrangente sobre comportamento e opinião, entrevistou mais de 14.500 consumidores que se identificaram como interessados em melhorar sua aparência e que estão dispostos a investir nisso, além de conversar com mais de 1.300 médicos em 18 países. Ficou curioso? Confira os resultados!

A pesquisa é importante para que os profissionais compreendam melhor seus pacientes, entendam como a beleza é definida entre culturas e como mulheres e homens em todo o mundo priorizam e alcançam seus objetivos estéticos.

“Há um desejo crescente de conhecimento sobre injetáveis faciais, cuidados com a pele e tratamentos corporais, este estudo abre os olhos para conversas mais informativas e honestas entre os profissionais e seus pacientes”, afirma a dermatologista californiana Sabrina Fabi.

Qual é a sua principal fonte de informação?

Se a sua principal fonte de informação é uma rede social, então, seu comportamento reflete o comportamento da maioria dos entrevistados entre 21 e 35 anos, já que 82% usam o Instagram para saber mais. Afinal de contas, a Internet é uma ferramenta prática e que está sempre à mão. Ao redor do mundo, 28% das pessoas que participaram da pesquisa recorrem a ela para pesquisar sobre procedimentos estéticos.

Importante frisar que, mesmo com esse fácil acesso a informações, a orientação de um profissional é indispensável.

E o que pensam os millennials?

Essa geração cheia de opinião e muito bem informada, está certa de que irá fazer algum tipo de tratamento. “Eles não estão pensando se farão tratamentos estéticos, e sim quando irão realizá-los”, conclui a dermatologista californiana Sabrina Fabi.

Mais da metade consideraria uma intervenção minimamente invasiva ou uma cirurgia plástica e 61% concordam que a aparência contribui para melhorar todos os aspectos da vida.

A relação entre brasileiros e os procedimentos estéticos

Foram 611 entrevistados brasileiros: 421 mulheres, 190 homens e 76 médicos. E 81% dos consumidores entrevistados acham que a aparência contribui para o sucesso em todos os aspectos da vida. O poder da internet também é notável aqui: 46% dos entrevistados relatam que usam ferramentas de busca como principal fonte de pesquisa. Entre os profissionais de saúde entrevistados, 86% acreditam que o número de pacientes aumentará nos próximos 12 meses.

O campo da estética médica está crescendo, assim como o nosso interesse em parecer melhor e mais saudável. Essa mudança de comportamento está alimentando o desejo de aumentar o conhecimento sobre a pele, bem como injetáveis faciais e tratamentos corporais.

E aí, você faz parte de qual grupo? Pretende investir em sua autoestima e realizar algum tratamento?

Para acessar a pesquisa completa, visite o site 360aestheticsreport.com.

* Dados em Arquivo, Relatório de Estética Allergan 360 °

 

BZ-VOL-1950023 – Jun/2019