Como prevenir o envelhecimento precoce

Especialista esclarece as principais dúvidas sobre o assunto

Atualmente, muito se fala sobre prevenir o envelhecimento precoce. Com os avanços da medicina estética, existem muitos recursos para isso e é possível até traçar um plano de prevenção com quem mais entende do assunto, um médico especialista.

De acordo com a cirurgiã plástica Gabriela Lustri, a hora da consulta é quando o paciente deve deixar claro seus incômodos e sua expectativa de resultados. Além disso, também é o momento de entender quais as indicações do profissional, as diferenças entre tratamentos, os benefícios e as limitações de cada procedimento recomendado. Para cada pessoa, será determinado um plano de prevenção, ou seja, algumas precisarão iniciar o tratamento com toxina botulínica A, aplicada na região entre as sobrancelhas e na lateral dos olhos, relaxando a musculatura causadora de rugas e também, auxiliando no tratamento do restante da face.

Sobre a época ideal de começar o tratamento, a doutora esclarece: “Não há uma idade determinada para iniciar o tratamento, mas aconselho logo após os 25 anos. É nesta época em que começamos a sofrer uma queda na produção de colágeno, que propicia o aparecimento dos primeiros sinais do envelhecimento e que, se tratados antecipadamente, apresentarão um resultado mais natural.”

Claro que nem tudo é toxina botulínica A, existem outras possibilidades de tratamento. Entre elas, o uso de protetor solar desde a infância; o estilo de vida saudável; os hidratantes, que podem tanto ser em creme/gel como também aplicados em consultório/clínica; há o também os procedimentos minimamente invasivos como o preenchimento de ácido hialurônico que reestrutura a face. Neste caso, a cirurgiã plástica indica a novidade JUVÉDERM® VOLITE, que promove a melhora na qualidade da pele, hidratação e elasticidade por até 9 meses, tudo isso em apenas uma sessão.

E para compreender como funciona o processo de envelhecimento feminino, confira no vídeo.

Dra. Gabriela Lustri
CRM-SP 120956

Quer saber mais sobre o procedimento? Clique aqui e encontre um médico

BR/0632/2018 Set/2018