Cuidados com a pele no verão

Os tratamentos indicados para realçar a beleza durante essa época

Verão chegando, planos para as férias,  celebrações de fim de ano e a vontade estar mais bonita para curtir tudo isso. Mas, antes de se entregar ao sol e sair desfilando seu bronzeado por aí, é preciso cuidar da pele. Por isso, fique ligada nos tratamentos que podem ser feitos durante essa época.

Segundo pesquisa do Google sobre comportamento dos consumidores, as buscas no site em dezembro e janeiro têm sido muito maiores do que nos meses de inverno e os cuidados com a pele, estão entre os assuntos predominantes. Em comparação com o ano anterior, a pesquisa por manchas de sol cresceu 24% e por rugas tiveram um aumento de 67%. Na maior pesquisa de beleza já feita no mundo, The Changing Faces of Beauty, a importância dos cuidados com a pele também foi tema de destaque nas respostas.  81% das entrevistadas se preocupam com manchas e 43% já realizaram um procedimento ou consideram seriamente a possibilidade. No Brasil, 72% das mulheres fizeram uso de preenchedores faciais ou pretendem fazer.

Mas quais são os tratamentos estéticos faciais que podem ser feitos no verão? Bom, para responder essa pergunta, nada melhor do que a opinião de uma profissional. ”A maioria dos tratamentos que não provoca descamação ou efeitos intensos podem ser feitos na estação mais quente. Entre eles, a toxina botulínica A, o preenchimento facial com ácido hialurônico e peelings leves são opções muito procuradas”, orienta a dermatologista Dra. Lígia Colucci.

Segundo dados da ISAPS, a aplicação de toxina botulínica A é um dos procedimentos mais realizados no mundo para a prevenção de rugas. Se você pretende fazer o tratamento durante o verão, atente-se apenas à possibilidade de aparecerem hematomas e então, caso surjam, deve-se evitar a exposição solar até que eles sumam, o que costuma acontecer entre 7 e 10 dias.

Ainda sobre rejuvenescimento, uma das maiores novidades sobre o assunto é a técnica de preenchimento com ácido hialurônico conhecida como MD Codes. Trata-se de um mapeamento da face para preencher as áreas proporcionando uma aparência mais harmônica e jovial, sem perder a naturalidade e com técnicas não cirúrgicas e minimamente invasivas. “Procurar o dermatologista somente para preenchimento de rugas não é mais o comportamento ideal. Hoje, busca-se a reposição da estrutura perdida ao longo do tempo. É necessário avaliar o conjunto do rosto para conseguir um resultado satisfatório e com naturalidade”, afirma a especialista.

Os peelings e lasers que levam à  descamação leve também não apresentam restrições.  A dermatologista não recomenda  os lasers que machucam muito a pele, pois o paciente deve evitar a exposição solar em até 30 dias após o procedimento, sob o risco de ficar com manchas posteriormente.

Para quem deseja pele mais firme, o tratamento de radiofrequência é uma boa opção. Durante o procedimento, o tecido da pele é exposto à uma corrente elétrica, aquecendo a temperatura acima do normal. A ação resulta na contração imediata do colágeno e remodelação da fibra de elastina já existente. Outro ponto favorável, é que o procedimento não deixar marcas, sendo assim, não é necessário evitar a exposição solar

Agora que você já sabe tudo sobre os cuidados com a pele no verão, vale finalizar com aquele bom, velho e importantíssimo conselho: use filtro solar!