Elimine os poros dilatados

Dicas simples e tratamentos ideais para cuidar da sua pele

Assim como a flacidez e as linhas de expressão, os poros dilatados estão no topo da lista de problemas mais odiados pelas mulheres. Para cada pelo existente no corpo, há um poro correspondente na pele, por esse motivo, os desagradáveis furinhos acontecem. Eles funcionam como um dreno, a sujeira e óleo na epiderme são eliminados por esse delicado sistema de drenagem.

Segundo a dermatologista Ligia Kogos, a região central do rosto (testa, nariz, parte central das bochechas e queixo) é a mais vulnerável ao aparecimento de poros dilatados. Isso porque, nesse local, as glândulas sebáceas são tradicionalmente mais ativas e maiores, especialmente nas peles oleosas e mistas.

Para ficar longe do problema, faça higienizações frequentes e adequadas para seu tipo de pele, esfoliações e proteja-se do sol. Em faces oleosas, geralmente, esse problema é mais visível. “Esqueça os sabonetes fraquinhos, neutros, do tipo hidratante ou suave para bebês. O ideal é usar um forte e eficiente que limpe em profundidade. Escolha os que são à base de ácido salicílico, piroctone olamina ou derivados do enxofre. Em seguida, use o adstringente”, aconselha Ligia.

Com relação às maquiagens, escolha os produtos certos: base líquida oil free, corretivo para olheiras seco em bastão e pó facial solto ou compacto, na cor translúcida (indispensável para fixar a maquiagem). Blush e sombras sempre em pó (nunca em cremes) e a máscara de cílios deve ser à prova d’água, para que permaneça o dia todo, sem borrar. Batons de acabamento seco (mate) são perfeitos.

Caso opte por fazer o acompanhamento com dermatologista, poderá usar fórmulas de ácido retinóico uma semana por mês, o tratamento descama suavemente a pele e melhora o aspecto oleoso. O peeling é um método simples e eficiente para fechar os poros dilatados e dar aspecto aveludado.