Evite o ressecamento da pele na região das mãos

Por conta do uso excessivo de álcool em gel, é bom darmos atenção à região das mãos

Com a chegada da pandemia em 2020, o mundo inteiro precisou redobrar os cuidados de higiene e, um deles, inclui a limpeza frequente das mãos, seja com água e sabão ou álcool em gel. Porém, o que muitos não sabem é que essa rotina causa o ressecamento da pele das mãos e, por isso, precisamos reforçar a hidratação.

O ressecamento das mãos pode causar desconforto e algumas reações, entre elas, a sensação de repuxamento e, eventualmente, coceira. Em casos mais avançados, pode apresentar rachaduras, que podem ser dolorosas ou causar ardência. É preciso ter em mente que a pele é a nossa barreira de proteção e que quando está ressecada e frágil, há risco de alergias, dermatites e até infecções.

Hoje, alguns álcoois em gel estão sendo fabricados com fórmulas que trazem ativos hidratantes. Porém, a profissional afirma que o álcool liquido, que muitas pessoas usam para higienizar as mãos, gera irritação e deve ser evitado. Além disso, o uso de luvas de látex, especialmente as com talco, também podem agravar o ressecamento. A profissional ainda afirma que devemos optar por lavar as mãos ao invés de utilizar álcool gel.

Podemos ver cada vez mais uma tendência de ter atenção à pele de outras regiões do corpo, não apenas o rosto. Assim, outras áreas vem sendo alvo de tratamentos estéticos. Portanto, as mãos podem ser tratadas com luz interna pulsada, lasers e peelings. Além de outros produtos que podem reduzir o aspecto ressacado.

Para continuar seguindo os cuidados necessários, sem sentir nenhum desconforto na região das mãos, é recomendado o uso de géis de limpeza sem sabão e hidratantes com texturas mais espessas, sem cheiro e sem corante.

O importante é cuidar da sua saúde como um todo!

BR-VOT-2150001-Fev/21