Juntos cuidando da aparência

Conheça a história de casais que adotaram hábitos de beleza juntos

Depois de seu casamento, Tatiane Marcondes, encarregada de contas a pagar, passou a ter mais tempo para cuidar da aparência. O motivo? Seu marido, Henrique Evangelista, a incentiva e, mais do que isso, se responsabiliza pelos afazeres da casa quando ela vai ao salão de beleza.

“Sempre que saio para fazer as unhas é ele quem se ocupa de tudo, ou seja, meu marido recolhe os lixos, tira a roupa do varal, lava o banheiro, limpa o fogão e passa pano na casa. Depois, eu faço o almoço e ele ainda fica encarregado de limpar a cozinha”, afirma Tatiane.

Mas não é só isso. Seu marido tem a tarefa de lavar a louça todos os dias. “Essa gentileza partiu dele, pois sabe que pode estragar as minhas unhas”, explica Tatiane. Para ela, o incentivo para cuidar da aparência vem do reconhecimento. Henrique sempre percebe quando ela faz as sobrancelhas, muda o comprimento e a cor da unha, corta ou hidrata o cabelo.

“Essa parceria e esse incentivo são importantes para a relação. Isso porque meu marido demonstra toda a atenção que tem comigo”, orgulha-se ela, que passou 30 anos roendo unhas e, atualmente, tem o cuidado de fazê-las todas as semanas, decorá-las e hidratar as mãos. Tatiane ainda tem tempo para fazer hidratação capilar para seus cachos ficarem definidos.

Quem pensa que somente as mulheres precisam desse incentivo, engana-se. Uma prova disso é Renato Rocha, comerciante. Casado há três anos, ele passou a se importar mais com seu estilo de vida e cuidar da aparência, graças ao apoio de sua esposa. “Sempre fui vaidoso, mas depois do casamento, passei a tratar mais de mim. Minha mulher sempre compra um sabonete específico para meu tipo de pele, que é oleosa, me apresentou cosméticos e, além disso, me incentiva a usar roupas modernas que combinam com meu estilo”, afirma Renato.

Segundo ele, o fato de sua esposa ser vaidosa também é uma forma de estimulá-lo a estar sempre bem consigo mesmo. “Além disso, mudamos os nossos hábitos. Paramos de fumar, começamos a fazer exercícios físicos e nos alimentamos melhor. O resultado foi uma vida mais saudável, nossa autoestima cresceu e um companheirismo ainda mais forte em nossa relação. Quando um incentiva o outro a se cuidar, demonstra amor e carinho”, finaliza o comerciante.