Os benefícios do ciclismo indoor

Saiba o motivo pelo qual a modalidade tem ganhado cada vez mais fãs

Durante a contagem regressiva para o verão, muitas pessoas correm para as academias com o objetivo de eliminar os indesejáveis quilinhos adquiridos no inverno.  Para quem está realmente afim de deixar a preguiça de lado, cuidar da saúde e de quebra, eliminar o peso extra e melhorar o condicionamento físico, o ciclismo indoor é uma das atividades mais indicadas.

Criada nos Estados Unidos, em 1995, pelo ciclista sul-africano Johnny G, a modalidade  ganhou muitos adeptos nos últimos anos e vai muito além de simplesmente pedalar uma bicicleta ergométrica. Com o passar do tempo, deixou de ser apenas uma atividade de academia e ganhou estúdios próprios e muito modernos.

Priscilla Lopes, proprietária do novíssimo estúdio Ride State (São Paulo), conversou com o Além da Beleza sobre a atividade e seus benefícios:

O ciclismo indoor é indicado para quem?

Para aqueles que buscam aumentar sua capacidade cardiovascular com uma atividade de intensa queima calórica em um curto espaço de tempo. E, claro, para quem quer fugir de qualquer questão com a condição climática do momento do treino.

Temos visto outras escolas no modelo da Ride pela cidade de SP, essa moda veio para ficar? Por que o aluno escolhe uma academia especializada se ele pode praticar em um local com outras modalidades?

O ciclismo indoor em estúdio é bem diferente do tradicional spinning de academia. O ambiente é todo preparado para transportar o aluno a um momento de introspecção, diversão e intensidade. Por ser focado especificamente nesta modalidade, oferece os melhores equipamentos e profissionais para a prática. Já a academia, aborda todos os esportes genericamente no mesmo espaço, sem aprofundá-los. É como ir  a um restaurante que vende pizza e churrasco, dificilmente ambos serão excelentes.

Quais são os diferenciais considerados importantes para um estúdio de ciclismo indoor?

Bicicletas que funcionem por tração magnética e diminuam o atrito nas articulações, sistemas que monitorem o desempenho de cada aluno durante a aula. Desta maneira, ele pode acompanhar a evolução do seu treino através de gráficos personalizados enviados por e-mail. Além de oferecer facilidades e conforto para que o aluno se preocupe somente em levar sua bermuda e camiseta.

O que o aluno da Ride busca tanto de experiência quanto de resultado?

A experiência na Ride State é lúdica. O treino é divertido e dinâmico. Não somos monótonos. Nossas aulas são variadas, oferecemos cinco modalidades de treinos na bike, além do Treino HIIT e Funcional.  Quanto aos resultados, pode-se esperar alta queima calórica, aumento da resistência física, tônus muscular e capacidade cardiovascular.

Qual é a atividade mais procurada?

Certamente, as aulas diferentes de ciclismo indoor. As modalidades são:

RIDE MOVE: o treino proporciona a atividade do corpo todo.

RIDE RACE: para alunos que buscam um treino de velocidade.

RIDE HIIT: uma aula interativa, que estabelece seus limites e ajuda a superá-los.

RIDE TEAM: onde buscamos o melhor resultado com a formação de times. Promovemos competições lúdicas entre equipes formadas aleatoriamente.

RIDE MOUNTAIN: aula com predominância de rotações mais lentas e cargas mais altas, simulando um treino de montanha com subidas diversas e estímulos de força e resistência.

Em média, quantas calorias são gastas por aula?

A quantidade de calorias pode variar muito de pessoa para pessoa, de acordo com o preparo físico e desempenho. Em uma aula intensa de 45 minutos é possível gastar mais de 600 calorias.

A blogueira Cacá Filippini, fã das aulas de bike e frequentadora da Ride contou sua experiência: “A aula é muito divertida e conseguimos acompanhar nosso ritmo e desenvolvimento pelos monitores, isso estimula bastante. Os equipamentos de alta tecnologia não devem nada aos de alguns estúdios de Nova Iorque que conheci. De todas as modalidades, a minha preferida é o HIIT, a intensidade da aula me fascina”.

Animou? Ainda dá tempo de esbanjar saúde na próxima estação!