As principais soluções em rejuvenescimento

Procedimentos não cirúrgicos são aliados da aparência descansada

Oito em cada dez mulheres estão preocupadas em  manter a aparência facial rejuvenescida e atraente. Infelizmente, ainda não é possível parar o tempo e evitar que os sinais do envelhecimento apareçam, mas já é possível reduzir os efeitos causados pelo passar dos anos.

Algumas atitudes são mais do que necessárias para que a aparência esteja sempre descansada, como: ter uma vida saudável, alimentar-se bem, fazer exercícios físicos, hidratar e proteger a pele.  A boa notícia, é que a ciência também comprou essa causa e,  hoje, também estão disponíveis diversos procedimentos cirúrgicos e não cirúrgicos, que atenuam os sinais do tempo, proporcionando resultados naturais e satisfatórios, que aumentam a auto-estima da mulher.

Segundo dados de uma pesquisa desenvolvida pela Sociedade Americana de Cirurgia Plástica Estética (ASAPS), foram realizados nos Estados Unidos mais de 11 milhões de procedimentos estéticos cirúrgicos e não cirúrgicos em 2013. Deste total, quase 4 milhões correspondem à aplicação de toxina botulínica A e cerca de 1,8 milhões ao tratamento com preenchedores faciais de ácido hialurônico. Ambos procedimentos são não cirúrgicos e minimamente invasivos, podendo ser utilizados de forma combinada para o rejuvenescimento global da face.

Confira abaixo algumas informações sobre os procedimentos não cirúrgicos mais realizados em 2013. Consulte sempre um médico especialista para esclarecer suas dúvidas e expectativas. Ele é o profissional mais indicado para analisar suas necessidades e definir o procedimento mais indicado para o seu caso.

Toxina Botulínica A

Quando nos expressamos, rimos ou choramos, os músculos da face se contraem. Com o passar do tempo, a atividade destes músculos resulta na formação de rugas de expressão, tais como as linhas da testa, os pés-de-galinha, os vincos entre as sobrancelhas etc.

As marcas de expressão ou rugas dinâmicas, como o próprio nome diz, são as marcas que se formam quando movimentamos os músculos faciais para compor uma expressão e, com o passar do tempo, podem agravar-se tornando-se estáticas e definitivas. Para tratar essas rugas, a aplicação da toxina botulínica A é o procedimento usualmente mais recomendado.

Quais são as principais indicações deste tratamento?

O relaxamento muscular para o tratamento dessas rugas é um procedimento médico, realizado através da aplicação da toxina botulínica A diretamente no músculo responsável pela sua formação. O tratamento é indicado para a atenuação das rugas dinâmicas existentes e prevenção de novas através da reeducação da mímica facial. As marcas de expressão mais comumente tratadas com este procedimento são as linhas da testa, os pés-de-galinha e os vincos entre as sobrancelhas.

Os efeitos são imediatos?

Os efeitos iniciais podem ser visualizados entre 48-72 horas após a aplicação e os resultados  máximos são atingidos em aproximadamente 1 a 2 semanas. A duração  total do tratamento é de aproximadamente 4-6 meses, dependendo do metabolismo individual de cada paciente, técnica de aplicação e dosagem de tratamento.

Os efeitos deste tratamento são artificiais?

A aplicação da toxina botulínica A deverá ser individualizada para cada paciente, de acordo com as necessidades apontadas pelo médico, proporcionando leveza, porém, com muita naturalidade dos resultados.

O tratamento com a toxina botulínica A perde seu efeito de um dia para o outro?

Não! A perda do efeito do tratamento com a toxina botulínica A ocorre de forma gradual, o que significa dizer que, lentamente, o músculo recupera sua capacidade de contração.

Existe creme, loção ou cosmético com efeito semelhante à aplicação da toxina botulínica A?

Não! A toxina botulínica A atua diretamente no músculo no qual é injetada, atenuando as linhas de expressão. Por outro lado, os cremes tópicos são aplicados superficialmente sobre a pele e ali atuam, melhorando sua hidratação e aparência. São 02 tratamentos absolutamente diferentes, que proporcionarão resultados também diferentes, mas que podem ser combinados.

A aplicação de toxina botulínica A é segura?

Lembre-se de que existem diferentes marcas e qualidades de produtos disponíveis no mercado. Para garantir sua segurança é essencial buscar um médico especialista especializado na técnica de aplicação e certificar-se de que o produto a ser aplicado está devidamente aprovado pelos órgãos competentes.

2º Preenchimento Facial

Preenchimento Facial de ácido hialurônico para o tratamento de rugas estáticas, redefinição de contornos e reposição de volume facial.

Diferentemente das rugas dinâmicas, as rugas estáticas são marcas mais profundas que serão visíveis mesmo com o rosto em repouso. Outros sinais importantes do envelhecimento são a perda de contorno facial pela ação gravitacional, as alterações de textura e firmeza da pele e a perda de volume em algumas regiões do rosto. Todos estes sinais deixam uma aparência cansada e envelhecida.

Quais são as principais indicações deste tratamento?

A aplicação de ácido hialurônico é indicada para preencher sulcos e rugas estáticas, conferir volume em regiões alteradas pelo processo de envelhecimento e também para reestruturar as formas e contornos do rosto e dos lábios, proporcionando uma aparência renovada e descansada. Porém, é o profissional médico quem determinará a indicação mais adequada para cada caso.

O que é ácido hialurônico?

O ácido hialurônico é uma substância produzida naturalmente pelo organismo  e está presente, principalmente, na pele. Sua função é reter água, conferindo hidratação e volume. Com o passar do tempo e com o processo de envelhecimento, esta substância se degrada e o corpo diminui sua capacidade de reposição. O resultado é a perda de volume, de contorno e o aparecimento de rugas estáticas, conferindo ao rosto uma aparência mais envelhecida e cansada.

Como é realizada a aplicação do preenchedor de ácido hialurônico?

A aplicação do preenchedor facial é realizada diretamente na pele, em diferentes profundidades, a depender da região e severidade da ruga. Atualmente, existem formulações  com lidocaína, o que reduz o incômodo da aplicação durante o procedimento.

Quais são as áreas faciais mais comumente tratadas com o preenchedor de ácido hialurônico?

As áreas mais comumente tratadas são a região malar (bochechas), além dos sulcos nasolabiais (ruga que vai do canto do nariz em direção ao canto da boca), rugas labiais (em torno dos lábios), contorno e volume labial.

Como são os efeitos do tratamento com o preenchedor de ácido hialurônico?

Os efeitos deste tratamento são imediatos, porém sua eficácia e duração podem variar de acordo com a marca comercial do produto utilizado. Isso ocorre porque os diferentes produtos disponíveis no mercado apresentam características diferentes. Consulte seu médico e conheça mais sobre as opções disponíveis para o seu tratamento.

Posso fazer o preenchedor facial com outra substância?

O ácido hialurônico é uma substância amplamente utilizada, com perfis de eficácia e segurança comprovados por diversos estudos científicos, o que a consolida como a substância preferida por médicos e pacientes. O uso de substâncias permanentes como o PMMA não permite ao médico ajustar o tratamento ao longo do tempo, de acordo com as mudanças faciais geradas pelo processo de envelhecimento. Por outro lado, o ácido hialurônico é uma substância absorvível, que oferece a flexibilidade de melhora contínua dos resultados ao longo do tempo, com aplicações ajustadas a cada momento de sua vida e com excelente perfil de duração.

Para mais informações sobre ácido hialurônico, acesse: JUVÉDERM®

3º Microdermoabrasão

A microdermoabrasão é uma técnica ideal para manter a pele jovem, suave e limpa. Seus resultados são similares a dos tratamentos com peeling, mas de uma maneira menos agressiva, não sendo necessário tempo de recuperação. Esse processo de rejuvenescimento promove uma microesfoliação cutânea. Com isso, as células mortas são removidas e uma nova pele surge no local, com mais viço e coloração uniforme.

A microdermoabrasão é indicada para acne, rugas, cicatrizes causadas por espinhas, linhas finas da pele, estrias, pele desidratada, pele grossa, cicatrizes menores e danos de sol. Além disso, reduz as linhas e rugas finas, reduz a hiperpigmentação e ampliação de poros; melhora as estrias (se combinado com alguns tipos de peelings) e reduz os danos superficiais na pele produzidos pelo envelhecimento e exposição ao sol.

Como funciona?

Por meio de um pequeno tubo de vidro são liberados micropartículas de cristal sobre a pele. Nesse contato, as micropartículas a esfoliam suavemente, removendo as impurezas. Todas as esfoliações seguem o mesmo objetivo, que é eliminar as células mortas, as rugas superficiais e as impurezas. Uma das diferenças entre os métodos é o grau de profundidade que podem chegar e alcançar a concentração de células mortas.

Para obter os resultados desejados deve-se realizar o tratamento uma vez por semana ou a cada quinze dias, de acordo com o perfil do paciente. Cada sessão dura aproximadamente 30 minutos e, posteriormente, a paciente recebe uma camada de cremes refrescantes.

Antes do tratamento recomenda-se o uso de cremes retinóides, que melhoram a eficácia da microdermoabrasão. O uso é suspenso geralmente 24 a 48 horas antes do tratamento. Logo após realizar o tratamento, o paciente pode trabalhar normalmente e usar maquiagens. Deve- se evitar exposição intensa ao sol.

4º Foto Rejuvenescimento

Peeling, em inglês, quer dizer descamação. Usado para remover as camadas externas da pele que estão danificadas pela exposição ao sol (geralmente, rugas dinâmicas/marcas de expressão), o peeling químico aplica agentes químicos especiais na pele para que se produza epidermólise e recambio cutâneo. Em algumas ocasiões, o peeling químico pode remover lesões pré-cancerosas como as causadas pelo sol, além de cicatrizes não muito profundas de acne e manchas de sol.

Como funciona?

O produto pode dividir-se em três tipos, de acordo com a profundidade e reação:

Peeling superficial:

Com uma profundidade de ação que vai desde a camada leve à camada mediana. Os agentes químicos disponíveis são o ácido glicólico, 10%-25TCA, solução de Jessner e o ácido salicílico.

Peeling médio profundo:

Alcança a derme reticular superior. Seus agentes disponíveis são TCA ao 35%-50%, TCA 35% combinado com CO2 sólido em ácido glicólico ao 70% da solução de Jessner.

Peeling profundo:

Usualmente chamado de peeling Fenol. A profundidade da ação pode alcançar a derme mediana.

BR/0438/2016/Set/2016