Quais dúvidas tirar com o especialista durante o isolamento

Quando é necessária uma orientação médica

Durante o isolamento, muitas dúvidas sobre a saúde podem surgir, e uma delas é: devemos ou não procurar um profissional da saúde? A resposta é sim. Em alguns casos, é preciso procurar a orientação de um médico.

O cirurgião plástico Eduardo Sucupira alerta para alguns pontos. “Um exemplo é a queda significativa de cabelo, unhas fracas, dermatites, entre outros. Portanto, procurar um profissional e entender o que são vermelhidões, ressecamentos, sensibilidade e alergias, é necessário”, afirma.

Outra coisa comum é a automedicação durante esse período, o que não é correto. O especialista diz que é necessário questionar um profissional se é adequado usar tal medicamento ou dermocosmético, já que nem todos produtos podem servir para todas as pessoas ou tipos de pele.

É importante se atentar aos cuidados com as mãos e unhas, pois estarão mais expostas a atividades domésticas, cabelos, por conta do estresse, que implica aumento de queda, e pés, por não usarmos tanto calçados fechados nesse período, resulta em ressecamento.

Para evitar maiores problemas, cuide da alimentação, apostando em alimentos ricos em nutrientes, que ajudarão na manutenção da qualidade de pele. Uma dica: afastar-se do Fast-food e cozinhar com a família pode ajudar em todos os quesitos de saúde, inclusive na mental. Assim como a disciplina na prática de atividade física.

Em relação à pele, o profissional aconselha preservar a integridade da barreira da cútis, valorizando a hidratação e apostando em uma rotina, tanto tópica quanto oral, com a ajuda de suplementação e nutracêuticos (componentes nutritivos).

Devemos estar sempre atentos em alguns detalhes que podem fazer toda a diferença em nossa rotina e saúde.

Dr. Eduardo Sucupira
CRM-RJ 583603

 

BZ-VOL-2050032 – Jun/20