Saiba qual é o preenchimento certo para cada idade

O tratamento facial com ácido hialurônico atende a diferentes necessidades e pode ser usado em diferentes faixas etárias. Aprenda a tirar o melhor de cada tratamento

Não tem segredo: uma pele bonita e mais jovem precisa ser bem cuidada desde cedo. E, nesse caminho, o ácido hialurônico é um ativo que pode fazer muito pela sua pele, já que não apenas preenche rugas, como também devolve volume à face e ainda ajuda a hidratar a pele.

A lógica é simples: começando cedo a cuidar dos primeiros sinais, é possível manter uma aparência mais descansada até a idade madura – e economizar com procedimentos mais invasivos para corrigir os danos. Quer saber mais? Veja qual é o preenchimento certo para cada idade.

20 anos
Nesta fase, com a pele ainda jovem, o preenchimento é feito principalmente para evitar o aprofundamento das primeiras rugas ao redor dos olhos e nas pálpebras inferiores.

30 anos
Os primeiros sinais de rugas e flacidez começam a aparecer e a aparência fica cansada. “Indico o preenchimento para o contorno facial, exatamente para devolver esse volume e o frescor do visual”, explica a dermatologista. Outra área importante é ao redor dos lábios, já que o famoso “bigode chinês” fica mais evidente.

40 anos
Com a perda de colágeno mais intensa, o principal problema aqui é a flacidez. É o momento, então, de preencher as rugas – finas e profundas – ao redor dos olhos e da boca e ainda devolver volume à face. “O preenchimento na região da mandíbula ajuda estruturar o rosto e reduzir as rugas”, afirma Gabriela.

50 anos ou +
Além de seguir as mesmas recomendações do item anterior, nessa fase, o ideal é investir na reposição de volume para aliviar a aparência cansada e a flacidez já instalada. O preenchimento é indicado principalmente na região das têmporas e sobrancelha, ajudando a reduzir a queda das pálpebras superiores.

Agora que já conhecemos os usos do ácido hialurônico e o preenchimento certo para cada idade, é o momento de consultar um dermatologista para que o profissional faça uma avaliação individual e o resultado seja o desejado.